Istambul (7) – Um passeio pelo Estreito de Bósforo

Posted on Updated on

Vista de Istambul com o Estreito do Bósforo ao fundo

Helena Mader (texto e fotos)

À medida que o barco avança pelo Bósforo, o horizonte de Istambul ganha a forma dos minaretes das mesquitas, que decoram a paisagem e parecem furar o céu. Cruzar o estreito é entender a cidade e viajar por séculos de história.

Os 32km de águas, que dividem a Europa da Ásia, contam um pouco do passado de guerras, riquezas, conquistas e derrotas protagonizadas na encruzilhada dos continentes.

Mesquita às margens do BósforoA ponte entre o Mediterrâneo e o Mar Negro transformou Istambul em uma das cidades mais importantes e estratégicas da Idade Média e da Idade Moderna. Ainda hoje, o Bósforo é uma indispensável rota comercial.

Diariamente, centenas de cargueiros cruzam o estreito, com bandeiras dos mais diferentes países. Grandes navios turísticos, pequenos barcos que ligam as duas margens e embarcações transportando as mais variadas mercadorias disputam espaço com as gaivotas que voam de um continente para o outro.

Forte de Rumeli HisarTransporte público

A melhor maneira de explorar o Bósforo é justamente a mais barata. Há transporte público entre as duas margens do estreito, com três saídas diárias: 10h35, 12h e 13h35. Os passageiros embarcam no porto de Eminonu, ao lado da ponte Galata (veja post anterior).

É bom chegar ao menos uma hora antes para conseguir um bom lugar no barco e fazer um rápido passeio pela região. Sob a ponte Galata, há dezenas de restaurantes que servem peixes e o tradicional narguilé, espécie de cachimbo com água perfumada, muito usados pelos turcos. O bilhete de ida e volta custa 17,50 liras turcas (R$ 24).

Mesmo nos quentes dias de verão, é recomendável levar um casaco, pois o vento durante a viagem às vezes incomoda. Sentado em uma poltrona, com a máquina fotográfica e protegido contra a brisa do Bósforo, o turista pode começar a explorar o estreito.

O barco faz seis paradas até chegar ao destino final. O viajante vai, finalmente, pisar no continente asiático no ponto final do estreito: o pequeno vilarejo Anadolu Kavagi. Lá, é possível admirar o início do Mar Negro e comer frutos do mar baratos.

Fotos e mais fotos

O tour de barco dura uma hora e meia. Mas é impossível parar de fotografar durante todo o percurso. Enquanto a embarcação avança, novos monumentos surgem. Mesquitas, palácios ou residências às margens do Bósforo disputam a atenção do viajante. As casas, hoje reformadas, pertenciam a integrantes da aristocracia otomana, especialmente no verão. São conhecidas pelos turcos como yalis.

Yalis - Casas à beira do Estreito de BósforoOs sultões também deixavam a antiga Constantinopla nos dias mais quentes em busca de refresco nas águas que dividem a Ásia da Europa. Quando o Império Otomano caiu, há quase um século, viver em yalis passou a ser considerado retrógrado. Mas as casas foram restauradas e a maioria está ocupada. É interessante ver um pouco da rotina dos moradores enquanto o barco passa lentamente.

Palácio DolmabahcePalácio e castelo

Na primeira parada do barco está o Palácio Dolmabahçe. Construído entre 1843 e 1856, quando o Império Otomano dava seus últimos suspiros, o edifício tentou mostrar a riqueza dos sultões diante do inegável fato de que a queda era iminente. Assim como o Topkapi (veja post anterior), o palácio também é dividido entre os aposentos oficiais e o harém.

Um dos destaques do Dolmabahçe é um lustre de quase cinco toneladas, doado pela Inglaterra. O presidente Kemal Ataturk, que fundou a República Turca em 1938, substituiu o alfabeto árabe pelo latino e afastou os radicais islâmicos do poder, morou em Dolmabahçe durante três meses e faleceu no palácio.

Também chama a atenção o forte de Rumeli Hisar, uma das edificações otomanas mais antigas da cidade, construída antes mesmo da conquista de Constantinopla. Servia de base aos súditos de Mehmet, o conquistador, antes da tomada da cidade.

Outro monumento famoso às margens do Bósforo é o Palácio de Beylerbeyi, que fica do lado asiático. Era usado como residência de verão dos sultões.

Forte de Rumel Hisar
  —————————————————-
 
Trecho do livro Istambul, de Orhan Pamuk

Viajar pelo meio de uma cidade grande, histórica e degradada como Istambul, e ao mesmo tempo sentir a liberdade do mar aberto — eis a emoção de um passeio pelo Bósforo. Impelido por suas fortes correntezas, revigorado pelos ares marinhos que não guardam nenhum vestígio da sujeira, fumaça e do barulho da cidade movimentada que o cerca, o viajante começa a sentir que, a despeito de tudo, aquele ainda é um lugar onde ele pode gozar a solidão e encontrar a liberdade.

Esse caminho aquático que passa pelo centro da cidade não pode ser confundido com os canais de Amsterdã ou Veneza, nem com os rios que dividem Roma e Paris ao meio: fortes correntezas avançam pelo Bósforo, sua superfície está sempre enrugada pelo vento e pelas ondas, suas águas são profundas e escuras. (…)

(…) Viajar pelo Bósforo, seja numa barca de passageiros, numa lancha a motor ou num barco a remo, é ver a cidade casa a casa, bairro a bairro, e também de longe, como uma silhueta, uma miragem em constante mutação.”

Cargueiros e navios turisticos cruzam Bósforo

About these ads

38 thoughts on “Istambul (7) – Um passeio pelo Estreito de Bósforo

    Fatima said:
    31/08/2014 às 17:26

    Fui em 2012 para Istambul vale a pena conhecer, e fazer o passeio de barco e magnifico.

    […] deve ser bem interessante. Nestes 2 blogs aqui existem informações bem interessantes também: Istambul (7) – Um passeio pelo Estreito de Bósforo e Istambul – Passeio […]

    Mara Bruno said:
    04/03/2013 às 23:57

    Eu estive em Istambul no mes de outubro 2013, adorei,indico a todos que desejam conhecer a Turquia,È um passeio maravilhoso.

    Mariestela Stamm said:
    19/01/2013 às 19:38

    Amei tudo que li.Irei para Istambul em fevereiro (2013) Vou aproveitar as dicas. Tenho dúvidas em relação a temperatura, alguém pode ajudar?
    Mariestela

    Maria Branca Frandolozo said:
    10/01/2013 às 20:22

    EStou encantada com tanta maravilha … mal posso imaginar que a vida me surpreendeu com esse presente, estou embarcando no sabado para Istambul. Nunca tinha lido nada a respeito… Valeu!!!

    [...] deve ser bem interessante. Nestes 2 blogs aqui existem informações bem interessantes também: Istambul (7) – Um passeio pelo Estreito de Bósforo e Istambul – Passeio [...]

    Anônimo said:
    31/10/2012 às 17:01

    Flávio Sanches,
    Vá a Istanbul! É uma experiência que todos deveriam fazer na vida. Fui em 2009, com minha filha de 19 anos. Nunca vá sem reserva de Hotel e sem saber onde fica o Aeroporto aonde vai chegar, pois é uma cidade em 2 Continentes, com 16 milhões de hab., muito grande e com 2 principais Aeroportos, sendo um deles a 50Km do Centro, na´parte Asiática.
    Cuidado com isso! Tente descer no Ataturk e reserve um Hotel próximo ao Centro, às Mesquitas Azul e Haja Sofia. Dica: Best Western próximo ao Palácio Topi Kapi. Bom proveito e felicidades.
    Márcia Vieira – Bh – MG

    Flavio Sanchez said:
    02/08/2012 às 20:02

    Boa noite a todos.
    Já estou planejando minha viagem a Turquia em maio de 2013.
    A principio fico 4 dias em Istambul e 4 na Capadócia, mas depois dos depoimentos que acabei de ler, já penso em mudar os planos.
    Estou afim de chegar sem reserva de hotel e ir parando nos melhores lugares…em hoteis econômicos, pois já vi que 8 dias serão poucos pra conhecer a Turquia.
    Tenho analisado constantemente todas os depoimentos e gostaria, se possível, de receber algumas dicas, orientações, entre outras coisas que possam me ajudar nessa viagem.
    Quem puder me dar essa força, fico muito grato e pretendo aproveitar bastante essa viagem.
    Uma boa noite a todos e muito obrigado pela ajuda.

    Flavio Sanchez

    Ana Portela said:
    25/07/2012 às 14:52

    Realmente viajar pela Turqui é uma maravilha. Istambul é maravilhora, Mas o melhor é a Capadócia. Pamukalle também é algo de celstial. Vale a pena voltar. Da Grécia vale visitar as ilhas. São lindíssimas.

    Lucia said:
    16/07/2012 às 18:05

    Estive na Turquia em abril de 2012. Adorei Istambul, mas o que eu mais gostei na Turquia foi a Capadocia. O
    passeio de balão é maravilhoso. Pamukkale tb é linda, assim como Canakkale, Ismirna. Adorei tudo. Achei a Turquia melhor que a Grecia , quanto a arqueologia antiga . Mas é um pais para se visitar apenas uma vez.

    Mina Bacelar said:
    08/07/2012 às 01:44

    Minha proxima viagem com certeza será visitar Istambul.Não vejo a hora.Moro no Brasil e sonho conhecer essa cidade historica.

    Rafael Carvalho said:
    08/07/2012 às 01:41

    Acabei de voltar de lá e usei muitas das dicas daqui, muito obrigado!!! Seguem meus posts http://essemundoenosso.com.br/category/turquia/

    Mina Bacelar said:
    08/07/2012 às 01:40

    Adorei lêr tantos depoimentos sobre Istambul.Essa linda cidade da Turquia.Com certeza minha proxima viagem.

    jose gomes de oliveira said:
    06/07/2012 às 19:06

    Ha muitos anos (1957) tive a felicidade de conhecer Estambum, ate hoje guardo boas e belas recordações de minha visita; que, ainda voltarei a visitar aquela historica capital.

    Cristiane de Faria said:
    29/05/2012 às 12:32

    Estive na Turquia por 12 dias em maio de 2012. Passei por istambul, linda!!! Quem tiver oportunidade de ir à Pamukale, onde tem as piscinas naturais, tb é maravilhosa. Adorei o passeio e os turcos são muito amáveis. Abraços, Cris

    Rafael Carvalho said:
    17/05/2012 às 22:49

    Olá, parabéns pelos posts. Só uma dúvida. O passeio pelo Bósforo em transporte público sai de onde e vai até onde? Para do outro lado para um tempo para conhecer? Obrigado, abraços

    edna pantoja said:
    02/05/2012 às 19:08

    Que bom!
    Cada informação me faz imaginar como deverá ser minha viagem… Nossa!! Eu imagino ha tempos fazer esta viagem, que pra min será dos meus sonhos. Devo estar viajando agora em julho de 2012. Quando voltar, certamente darei meu depoimento.Mas sei que vou amar.

    luaana said:
    02/05/2012 às 15:44

    muito bom adorei, serbiu muit de ajuda !

    celso salgado said:
    01/05/2012 às 21:42

    Istambul é muito bonita. O estreito de Bosforo deve fazer parte do passeio, é muito interessante. Vi um jogo sensacional entre Galatasaray e Fernebach. Vale a pena conhecer a Turquia.

    Anônimo said:
    14/02/2012 às 13:01

    Olá

    Istambul é extremamento exótico. Fiz o passeio pelo estreito de Bósforo, mas não desci na parte asiática. Peguei o barco por cerca de R$ 13. Servem comidas típicas a bordo, muitos turistas, mas pouca comunicação em inglês.
    Da para fazer os pontos turisticos todos á pé… deixe um dia para a parte superior ( Taxin e Galatasaray) e outro para parte de baixo ( Mesquita azul, Grand Bazar, etc).

    As mulheres devem entrar nas mesquitas com os cabelos cobertos ( em especial nas pequenas) e todos de meia.

    Achei a cidade relativamente suja, mas ao mesmo tempo exótica.

    É um passeio a um mundo mega desconhecido e cheio de histórias.

    edna pantoja said:
    28/01/2012 às 11:12

    desde que pela internet imagens passeios deslumbrantes, fiquei muito entusiasmada , m estimulou… pretendo em maio ou hunho fazer esta viagem dos meus sonhos,
    quero sempre receber informativos p favor…

    Anônimo said:
    26/01/2012 às 19:11

    Ferreira Diz:
    Eu também tenho um sonho…
    O sonho de conhecer Istambul.
    Parabéns pelo texto. Fantástico…
    Até final de 2.013 desejo realizar este sonho com meu filho…

    edna pantoja said:
    20/01/2012 às 16:34

    UM DOS MEUS SONHOS É CONHECER ISTAMBUL! NUNCA ESQUECER QUE DEVERÁ INCLUIR BÓSFORO… OS DEPOIMENTOS SÃO TÃO INSTIGANTES QUE CERTAMENTE FAREI ESTÁ VIAGEM ATÉ OS MEADOS OU JULHO DE 2012. ESPERO!!!!!!!

    Monique Ribeiro said:
    13/12/2011 às 20:53

    Que texto lindo! Traduziu tudo que senti fazendo este passeio neste ano! Istambul é mágica e marcou!
    Beijoos

    João de Souza Bomfim said:
    15/10/2011 às 10:15

    Considero mistério um estreito que chega a possuir 500 metros em sua largura mínima ser travessia de cargueiros e transatlânticos. Mistério também construções milenares às suas margens sem o risco de desbarrancamento. Helena Mader me informa mais um mistério: suas águas são profundas e escuras.

    Beto 2011 said:
    10/10/2011 às 17:33

    Istambul é algo indescritível.
    Vá lá e confira. É uma cidade onde voce encontra de tudo. O grande bazar é uma loucura. Os restaurantes, os bares, as ruas, o povo, as mesquitas, o estreito de Bósforo… Ih!!! chega de falar. Vá e comprove.

    Anônimo said:
    01/08/2011 às 10:23

    Elaine M.,

    30/05/2011

    Stambul é maravilhoso o passeio é imperdível, o Grand Bazar é uma loucura da pra se perder e o Bazar de Especiarias então é demais é tanta coisa pra comprar queria trazer tudo pra comer e delicioso tbém vale todo os segundos.

    Clarinha said:
    08/07/2011 às 12:12

    Ótima matéria: informativa e emocionante!

    caroline said:
    17/06/2011 às 01:13

    Estive esse ano duas vezes em Istanbul, assisti o jogo do Galatasaray, amei o estádio…
    o país é belíssimo, cultura diferente mas tudo maravilhoso, os palácios são lindos e as famílias turcas que conheci foram todos hospitaleiros e gentis…. enfim pessoal conheçam
    esse país. Em outubro desse ano me caso com um turco e viverei naquele país lindo, acolhedor. Ahh, ia esquecendo de dizer da comida turca é simplesmente deliciosa.

    sweiome said:
    06/12/2010 às 17:56

    To purchase any clothes, any shoe! http://www.buy-fake-bag-online.0fees.net Buy chanel bag online

    rosario rangel said:
    09/11/2010 às 09:06

    Brevemente, assim espero farei uma viagem por Turquia,Grécia, Egito e Israel e suas informações estão sendo muito úteis.

    Thais Salmito said:
    22/10/2010 às 13:21

    Estive em Istambul em setembro e fiquei extasiada com a paisagem e o caráter exótico da arquitetura, cidade diamante, encanto das civilizações. Destaque para as 2776 mesquitas espalhadas pelo país que nos fazem sentir falta das orações. Pergunta: Deu-me um branco e para não ficar na dúvida, A Basílica da Santa Sofia, Mesquita Azul e Palácio Topikap ficam na Istambul mbom falar de Isbambul, tenho que voltar..

    [...] que há para se ver em Istambul? Curto e grosso: uma passeadinha de barco pelo Estreito de Bósforo (mesmo sabendo que não há nenhuma diferença entre o lado Asiático e o lado Europeu), um meio [...]

    neide said:
    14/07/2010 às 23:05

    vou ate Istambul em agosto próximo. Ja estou anciosa pelos comentarios e fotos de lá. Na volta deixo meu comentario aqui.

    Ennio Gomes said:
    23/11/2009 às 21:41

    Pessoal, se puderem assistam o filme TEMPERO DA VIDA, que mostra como é a vida nesse belíssimo lugar. É também um filme político, histórico e romântico.

    yalis said:
    09/10/2009 às 18:29

    eii
    eu em chamo yalis
    meu nome tem um significado
    mas eu gostei de ele ser usado em algum lugar
    uahsuahsuahs

    Fê Costta said:
    15/07/2009 às 10:27

    Nossa, fantástico seu texto! Parabéns!!! São poucos os que já ví que nos trazem informação de alta qualidade com um tom tão poético e interessante. Você brilhou!!

    Vou continuar procurando mais suas dicas para a minha provável ida a Istambul.

    Abraços,

    Fê Costta
    Viaggio Mondo

    Goulart said:
    11/04/2009 às 16:48

    Istambul é um dos meus destinos “por ir” no mundo. Quero também ver um jogo do Galatasaray.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s