Barcelona – Roteiro básico das obras de Gaudí

Fachada da La Pedrera/Renato Alves

Detalhe da fachada da Casa Batllló/Renato AlvesEliane Moreira (texto) e Renato Alves (fotos)

O que mais impressiona na capital catalã são as obras de seu mais famoso arquiteto, Antoní Gaudí. Ícone do modernismo catalão, Gaudí não pode, no entanto, ser enquadrado em um único estilo, dada a singularidade de seu legado.

Símbolos da cidade, a Sagrada Família, a Casa Batlló, a Casa Milá, ou La Pedrera, exemplificam a genialidade deste catalão, nacionalista convicto e católico fervoroso. Tão fervoroso que tramita no Vaticano um processo para sua beatificação.

Localizada na Passeig de Gracia, avenida mais elegante de Barcelona, a Casa Batlló é uma referência à história de São Jorge, padroeiro da Catalunha, e o dragão. Seu telhado lembra as costas do lendário animal, e as sacadas, em forma de caveiras, as vítimas do monstro. Daí a Casa Batlló também ser conhecida como Casa dos Ossos.

Fachada da Casa Batllo/Renato AlvesA abundância de detalhes da fachada captura o olhar do turista. Mas o preço da visita ao interior é salgado: 16,50 euros.

Outro edifício de Gaudí, La Pedrera impressiona pela fachada ondulada, pelas sacadas de ferro delicadamente trabalhado e, principalmente, pelo telhado, formado por chaminés que parecem cavaleiros medievais.

O prédio abriga um museu em homenagem a Gaudí, o centro de exposições da Caixa de Catalunya e um apartamento decorado aberto à visitação. A entrada custa 10 euros.

Fachada da Sagrada Familia/Renato AlvesEscultura monumental

A obra mestra de Gaudí, no entanto, é o Templo Expiatório da Sagrada Família. Não há palavras ou fotos suficientes para descrevê-la. E nada supera o impacto causado por sua visão.

Iniciada em 1882, o projeto da Sagrada Família foi assumido por Gaudí em 1883, que, por mais de 40 anos, dedicou sua vida à sua construção. Até morrer atropelado por um bonde, em 1926, perto da igreja. Seu corpo está sepultado na cripta de sua grande obra.

Lagartos, serpentes, anagramas dos nomes de Jesus, Maria e José, santos entalhados nas paredes externas do templo fazem da igreja Sagrada Família uma imensa escultura.

Das três fachadas planejadas, duas estão prontas. A da Natividade representa o nascimento de Cristo e foi concluída ainda por Gaudí. A da Paixão, finalizada em 2002, foi iniciada em 1978.

Detalhe da fachada da Sagrada Familia/Renato AlvesOutro destaque do prédio, os pináculos de mosaicos de azulejos podem ser vistos de longe, sobre as torres dedicadas aos 12 apóstolos (só oito estão prontas).

Apesar das obras, que só devem acabar em 2030, o templo é aberto para visitas (o bilhete custa 10 euros) e missas são celebradas em horários diferentes nos idiomas catalão e castelhano.

Detalhe da fachada lateral da Sagrada Familia/Renato Alves

 

Anúncios

8 comentários em “Barcelona – Roteiro básico das obras de Gaudí

  1. Parabéns! Blog bem sugestivo… Fica ai dica pra outras viagens a Espanha “Rotas Espanholas” sempre que viajo pra Espanha tb o consulto.

    Curtir

  2. A sagrada Família é um Monumento do outro mundo. Só visto. Não dá para contar.

    Curtir

  3. Rchia,

    por mais tempo que fiquemos em uma cidade, nunca conseguimos ver todas as atrações… De Barcelona, fiquei me devendo visitar o Parc Guell, que também deve ser incluído no roteiro das obras de Gaudí. Mas a Sagrada Família é mesmo imperdível…

    Curtir

  4. Cada vez que acesso, acho o blog melhor. Vocês estão de parabéns. Estive em alguns desses lugares registrados e tive impressões semelhantes.
    Abraço,
    Chico Maia

    Curtir

  5. Rchia, obrigado pela visita. Se voltar à Barcelona, vá direto Sagrada Família.

    Paulo, seja bem vinda e volte sempre. Se mora em
    Brasília e ainda não conhece Goiás Velho, por exemplo, vá logo. É mais longe que Piri, mas mais barato e com mais atrações.

    Curtir

  6. Oi, Renato

    Vim conhecer seu blog porque está indicado no blog de Diego. Porque gosto de viajar.

    Já olhei as fotos, já li alguns trechos, e já me fez viajar.

    Daqui, por enquanto, a viagem mais viável e que desde que vi as fotos no blod de Diego fiquei com vontade de conhecer é o Delta.

    abraços, voltarei para viajar mais.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s