Normandia (3) – Ruínas da Segunda Guerra

Arromaches - Arma da Segunda Guerra na margem de rodovia

Renato Alves (texto e fotos)

Após Rouen e Caen, o melhor é deixar a autoestrada A13 e pegar a estradinha — não menos bem conservada e sinalizada — até Arromanches. Normalmente, a viajem dura meia hora. Mas compensa gastar mais tempo com paradas nas vilas com ruas estreitas e construções de pedras. Elas têm ao menos uma bela igreja medieval e uma padaria com deliciosas guloseimas. Bem mais baratas do que em Paris.

Arromanches - Canhão na beira da pistaNesse cenário bucólico, há inúmeras placas em homenagens aos homens que lutaram na Segunda Guerra Mundial pela libertação da França. Vale a pena ler cada história grafada nelas. Mas não se empolgue tanto ao ponto de reservar pouco tempo a Arromanches.

Pouco retratada nos filmes sobre a guerra, Arromanches foi fundamental para o transporte, no menor tempo possível, de milhares de homens, munições e material de primeira necessidade para consolidar os avanços das tropas aliadas na França dominada pelos nazistas. Hoje, guarda as mais impressionantes ruínas das batalhas pós Dia D.Arromanches - Geral da Praia Gold

Na falta de portos naturais, já que o de Cherburgo foi liberado em 27 de junho e o de Le Havre em 11 de setembro de 1944, os idealizadores do Dia D decidiram construir um porto artificial na Normandia, em Arromanches, batizada de Gold pelos norte-americanos.

As estruturas de metal tiveram de ser rebocadas por navios pelo canal da Mancha, partindo da Inglaterra. Com o nome de Port Winston, dado pelos britânicos, tornou-se o principal porto do mundo de julho a novembro de 1944. Por ele desembarcaram as tropas britânicas e transitaram 130 mil toneladas de material bélico.Arromanches - Destrços da Segunda Guerra

Museu do Desembarque

As histórias da construção do porto a toque de caixa em meio a forte bombardeio são contadas no Musée du Debarquement (Museu do Desembarque) de Arromanches, à margem da praia. Ele exibe vídeos, fotografias, mapas, armas, rádios, cartas pessoais e uniformes dessa passagem histórica.Arromanches - Ex-combatentes no Museu do Desembarque

Museu do Desembarque - Uniforme da Força Aérea Real BritânicaNa maré baixa, os visitantes avistam partes gigantescas do porto flutuante, além de lanchas blindadas encalhadas no canal e usadas no desembarque, como as que aparecem no início do filme O resgate do soldado Ryan (1998), de Steven Spielberg.

Em Arromanches, como ao longo da rota do Dia D, o turista encontra lojas de souvenirs da guerra e muitos velhinhos, de boné e camisa colorida, sempre acompanhados dos familiares. São veteranos de guerra. A maioria norte-americanos que atravessam o Atlântico novamente — desta vez a bordo de ágeis e confortáveis aviões comerciais — para rememorar os eventos vividos há seis décadas. Eles adoram contar suas histórias de heroísmo, mesmo a estranhos.

Point du Hoc - Veteranos de guerra em bunker alemãoCasamatas nazistas

De Arromaches, nossa viagem segue até Pointe du Hoc, passando pelas estradinhas ladeadas por fazendas seculares.

Algumas guardam blindados e destroços de metralhadoras, deixados pelos aliados e alemães, após serem inutilizados em intensas trocas de tiros.

De acesso gratuito, Pointe du Hoc ainda traz no terreno as marcas e crateras do bombardeio aliado. Para visitar o conjunto de bunkers construído pelos nazistas, é preciso andar em zigue e zague entre os buracos abertos pelas explosões.

Um dos principais pontos de resistência da artilharia alemã na França, Pointe du Hoc também atrai os visitantes pelo emaranhado de casamatas destruídas pelos ingleses e norte-americanos. Eles tiveram de escalar um penhasco de 35m de altura para desalojar os inimigos, que dali atiravam nas tropas de desembarque, usando metralhadoras e canhões de longo alcance. Esse episódio é mostrado no filme O Mais Longo dos Dias (1962), de Ken Annakin, Andrew Marton e Bernhard Wicki.Point du Hoc - Veterano de guerra em casamata alemã

Museu do Desembarque - Réplica de soldado com uniforme original de pilotoPára-quedistas

O mesmo filme narra outro momento da Segunda Guerra, vivido na vila de Sainte Mère Eglise. Lá pularam centenas de pára-quedistas norte-americanos. Eles usaram como referência a praça central iluminada pelo incêndio em um casarão. Foram recebidos a tiros pelos alemães. Um dos norte-americanos caiu na torre da igreja matriz e ficou pendurado em seu pára-quedas. Salvou-se com apenas um tiro no pé. Um manequim vestido de soldado está hoje pendurado na torre da igreja.

Perto dali, outra vila de nome inocente tem placas nas paredes narrando pequenos combates entre soldados alemães e norte-americanos. São registros de dramas individuais. O lugar é Sainte Marie du Mont, palco também de outro decisivo episódio na Batalha da Normandia. Trata-se da tomada de uma bateria alemã fortificada por um pelotão americano usando tática inovadora de assalto, contada na premiadíssima série Band of Brothers (2001), de Steven Spielberg e Tom Hanks.

Fotos, medalhas e cartas no Museu do Desembarque

Anúncios

49 comentários em “Normandia (3) – Ruínas da Segunda Guerra

  1. Estive na Normandia em duas oportunidades. Realmente é um lugar fantástico. Além de toda a beleza dos campos (em julho fica tudo dourado devido às lavouras) a arquitetura é também especial. Nas vilas, as casas são de pedra. Mas o que vai me levar lá pela terceira vez, com fé em Deus, são os resquícios da história da WWII. Em 2013 fui de trem de Paris até Caen. Ali, aluguei um carro e segui para o Litoral, começando por Ouistreham e seguindo pela D-514 por todas as praias do desembarque. Fiquei baseado em Arromanches-Les-Bans, que é mais ou menos no centro dos desembarques. É um retorno ao passado da Guerra. Recomendo.

    Curtir

  2. Boa noite,
    Estamos em dois casais indo para Normandia em setembro próximo. Gostaria de saber se alguém tem indicação de um guia turístico que fale português.

    Curtir

  3. Olá. Moro e trabalho na região da Normandia e a alguns anos venho procurando mostrar aos brasileiros as belezas da minha região. Muito bom saber que o turista brasileiro tem buscado mais e mais visitar a Normandia.
    Trabalho como guia e planejo roteiros turísticos personalizado, sendo uma opção de viagem bem diferente dos pacotes fechados e padronizados. É um guia feito sob medida para o perfil do viajante. Seria um prazer leva-los para conhecer minha região.

    http://www.descobrindoanormandia. com.br
    Pierre

    Curtir

  4. Parabéns pelo blog e uma pergunta: fazer essas visitas no inverno é mto complicado?

    Curtir

  5. Alguem ai tem um roteiro com hotel, transporte, museus ?
    Estou me organizando para próximas férias

    Curtir

  6. vcs indo a normandia não pensem só na lembraça da guerra dia D etc, vão visitar o monte de são michel que fica na região, é um dos pontos turisticos da frança mais visitado depois do louvre e torre efel. vcs passarão um dia memoravel

    Curtir

  7. Estive em maio de 2010 visitando os principais pontos históricos e museus da Normandia que tem ligação com o Dia D. Gostaria de sugerir a leitura dos Livros ( O Dia D – 6 de junho de 1944 de Stephen Ambrose, Dia D – A Batalha pela Normandia de Antony Beevor e Dia D – Amanhecer de heróis de Nigel Cawthorne ), eles nos indicam as cidades e vilas importantes. É muito bom saber que ainda existe pessoas interessadas na história escrita por aqueles jovens no dia mais importante da II Guerra. Parabéns!

    Curtir

  8. Gostei das informações que vi aqui e senti muitas saudades quando vi as fotos de La Pont Du Hoc. É que estive lá em setembro/2011, passando por Bayuex. Estou louco pra voltar à Haute Normandie, o que penso que farei em outubro/2013.

    Curtir

  9. Jose antonio, voce poderia me passar um contato, e-mail. Estou querendo fazer uma viagem ano que vem quero umas dicas sobre o seu post.

    Curtir

  10. Meus amigos , parabens por alguem que esta a rescrever a historia da II G.M,eu habito neste momento no luxembourgo ,na vila de WILTZ perto de BASTOGNE , onde ouve uma grande guerra que foi as ARDENES ,esta cheio de historia , posso dar ref. de museus que existe por aqui …. MUSEE DE LA BATAILLE DES ARDENNES chateau de clerevaux , BASTOGNE HISTORICAL CENTER , a tb. museus na alemanha onde o qual existe muitos bunker´s , o site é http://WWW.WESTWALLMUSEEN-SAAR-MOSEL.EU exite 6 museus perto uns dos outros tb. muito interessante de ver , a tb. o MUSEE GENERAL PATTON em ettelbruck (Luxembourg), a tb. o ” DECEMBER 44 ” HISTORICAL MUSEUM isto e na belgica , e muitos mais …… chamo-me Jose Antonio Marinho , e terei muito gosto em dar mais umas dicas ao pessoal….

    Curtir

  11. Muito bom este blog. Quero incluir a Normandia na minha próxima viagem, pois desejo ver de perto o local onde a historia da segunda guerra passou a ter seu rumo alterado. E mais, “o povo que esquece sua historia, corre o risco de repeti-la” (Fase dita por uma guia Alemã quando visitei Berlim em abri l de 2001. Pedro de Vargas Marques – Itaúna-MG, Brasil.

    Curtir

  12. Prezado Renato,

    Parabéns pelo Blog e pelas boas dicas acredito que serão muito úteis pretendo ir em Maio próximo, iniciando a viagem por Caen e região, pergunto: Em suas andanças, existiam souveniers, peças originais da guerra a exemplo capacetes, baionetas etc., um amigo me disse que visitou, mas não se recorda onde que havia um barracão com vários artefatos da guerra procede?
    Quanto ao infeliz (comentarista e comentário) Dalvo Trombeta, procure deletar deste tão proveitoso blog tal tipo de pessoa a qual certamente esta sim, deveria estar debaixo da terra, pois não se acrescenta em nada neste mundo.

    Curtir

  13. Parabéns pelo Blog Renato Alves, as informações são muito válidas para quem ainda vai conhecer esses históricos lugares. Sou um fan daqueles que abraçaram uma causa em nome de suas nações. Meu avô tem uma história interessante, pois na época que os pracinhas foram convocados , ele estava entre e acabou fugindo do Rio de Janeiro pra Fortaleza (cidade Natal) de Navio. Acabou se arrependendo, pois seus amigos que foram e retornaram, contaram grandes Histórias de tristezas, glórias e amores na Europa bombardeada..
    Ainda vou conhecer esses lugares um dia e fico muito feliz com quem mostra a verdade dos fatos e mais feliz ainda de quem lê e tem consciência do realmente aconteceu naqueles frontes !!!

    Parabéns, espero que continue com o Blog Renato!

    Curtir

  14. A partir de junho de 2012 vou visitar todos os lugares relacionados ao dia 10 de maio de 1940, quando, de fato, a II GG começou prá valer.
    Ardenes, Bastogne, Flandes, Caen e tudo o mais.
    Sugiro que assistam o filme Paris está em chamas?
    Abraço, Edison

    Curtir

  15. meu avô foi um pracimha lutou na italia ele participou da tomada do monte castello e conheceu rubens braga o correspondente de guerra, gosto de tudo da segunda guerra.
    meu avô fazia parte da 1 DIE, o ataque ao mnte castello começou as 6 horas da manhã o avanço foi dificil pois a artilharia alemã estava muito forte quando bombardeio aliado começou consiguimos avançar ele dizia só as 17h30 tomamos o monte, e depois nos entricheiramos e ajudamos os americanos a tomar o monte della torracia

    Curtir

  16. Esse Dalvo Trombeta, além de ignorante e maltratar o português dessa maneira deveria ter, pelo menos, um pouco de bom senso.
    Resumindo: Por favor deletem esse imbecil.

    Curtir

  17. Oi Renato,
    Parabéns pelo Blog, pois me ajudou bastante na minha visita à Normandia e às praias do desembarque este mês de Junho de 2011 durante as comemorações do 67°. aniversario do dia D, segui suas sugestões e foi realmente fantastico…

    Curtir

  18. Pelo amor de Deus! Deletem esse Dalvo Trombeta – também com esse Nick… Além de ser um completo ignorante, necessita urgente uma aula de português: depois poderemos explicar alguma coisa de história ao “sábio” filósofo.

    Curtir

  19. quando se completarem 100anos do fim da 2 guerra la em 2045 onde vai ta esses véio veterano que lutaram naquela época? todos eles debaixo da terra apodrecidos e nos jovens de 2011 estaremos coroas quase berando a fase idosa quando chega esse ano de 2045 e quando esse ano chega a humanidade não vai ta nem ai pra lembraça de 2 guerra nem holocausto pode até se que se repita denovo as atrocidades da 2 guerra e até pior

    Curtir

  20. Parabnes pelo primoroso trabalho, deixo meu email para junto com interessados trocar idéias e montar um grupo para conhecer estes pontos na França.

    Curtir

  21. Parabens pelas fotos,que essas fotos seja um legado para que á humanidade nunca se esqueça do horror de uma guerra mundial.

    Curtir

  22. Pedro, no blog h cinco posts sobre a nossa viagem pela Normandia. Clique no “Destino” “Frana” para ver todos. Voc encontrar as dicas bsicas para montar a sua viagem, inclusive com preos.

    Curtir

  23. Parabéns Renato.

    Apenas uma pergunta: terminou com os 3 posts ou ainda vai pôr mais?

    Curtir

  24. Paulo, muito obrigado pela visita. Este é o terceiro de uma série de textos sobre a viagem que fizemos à Normandia. Para ver os demais, basta acessar o site (www.ultimaparada.wordpress.com) e clicar no “Destino””França”.

    Curtir

  25. Olá, estou com viagem marcada para Europa no final de abril/2010 (motorhome) e irei dedicar uns dias para o cenário da invasão na Normandia. Por favor, dicas de locais a serem visitados serão bem vindas. Nos meus planos já estão: museu CAEN, Ste. Mère Église e Omaha.
    Obrigado,
    Paulo

    Curtir

  26. Demtrio, nessa srie de posts sobre a Normandia h dicas de como fazer o roteiro sem agncia, com carro alugado. Leia os textos anteriores e seguintes.

    Curtir

  27. Pessoal, a agencia que eu ia, declinou… Alguém conhece:

    1o Uma agencia de referencia(email)

    2o.Caso não tenha agencia como poderia, de onibus ou trem ir até praia Omaha e Caen. Obrigado

    Curtir

  28. o museu de CAEN é imperdível. È o ponto alto de viagem à Normandia. St Mere Eglise também tem que ser visitada.

    Curtir

  29. Pessoal, eu estarei indo de viagem a Normadia. E estarei indo às alugmas praias. Estarei no memorial de CAEN. Alguém pode me dar nomes de algumas lojas nesse local ou próximo? Obrigado.

    Curtir

  30. Pessoal, eu estarei indo de viagem a Normadia. E estarei indò às praias da Normandia Alguém pode me dar nomes de algumas logas?

    Curtir

  31. Gente, obrigado pela visita e os comentários. Saibam que esse post faz parte de uma série de textos sobre a Normandia.

    Ela está aqui nesse blog (www.ultimaparada.wordpress.com). Basta clicar no “Destino” “França”, à direita da página.

    Curtir

  32. Eu acho muito legal essas postagens de voçês
    eu sou um fã da segunda guerra tenho varias
    historias e filmes retratados da segunda guerra valeu…

    Curtir

  33. Sandro, no blog h uma srie de posts (cinco, se no me engano) apenas sobre o roteiro turstico da Normandia. Basta clica no cone “Frana”, sob “Destinos”, direita da tela, que viro os textos e fotos sobre aquele pas, entre eleas os da Nornamndia.

    Curtir

  34. GOSTARIA DE FAZER TURISMO POR ESTES LOCAIS HISTÓRICOS DA 2ª GUERRA, VC TEM DICAS DE QUAL AGÊNCIA PROCURAR, QUAIS OS MELHORES LOCAIS A VISITAR, E POR ONDE COMEÇAR?

    Curtir

  35. Estou me preparando para visitar este cenário que mudou os rumos do maior acontecimento da II Guerra Mundial. Precisamos abrir um fórum de discussão para que possamos disponibilizar informações e roteiros de viagem. Quando voltar vou abrir um blog sobre o assunto. Parabéns pela iniciativa.

    Curtir

  36. isso que voçes publicaram é muito bom faz a gente relenbrar esta parte estórica da segunda guerra estou sempre procuramdo fatos desse tipo e fiquei feliz em encomtrar meus parabéns.

    Curtir

  37. Igor, obrigado pela visita e o comentário. Se puder, não deixe de fazer o passeio. É imperdível para quem se interessa pela história da humanidade.

    Curtir

  38. estou sem palavras …
    meu tio foi praça brasileiro,não sei muito sobre ele mas sei que ele lutou na europa,e pretendo um dia ir na europa ver essas marcas de um passado de glória e tristezas.

    Curtir

  39. Meus amigos, vendo isso que vocês publicaram, vejo que mais gente dá importância para o que pra mim foi um dos acontecimentos mais importantes do mundo. Tento guardar dinheiro para ir a Europa conehcer estes pontos de combate. Muito obrigado.

    Curtir

  40. Parabens,continuem a refrescar nossas memórias. É preciso conhecer a verdade.
    Pesquise mais fatos e engrandessa vossa sencibilidade.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s