Istambul (5) – Ritual das compras no Grande Bazar

Grande Bazar de Istambul

Helena Mader (texto e fotos)

Esqueça os grandes shoppings do Rio de Janeiro, de São Paulo e até mesmo dos Estados Unidos. O paraíso do consumo tem outro endereço: o Grande Bazar de Istambul.

Grande BazarSão 6 mil lojas capazes de tirar do sério até mesmo os turistas mais controlados. Melhor do que ir às compras é admirar as lojas e contemplar o vaivém de turcos, visitantes e vendedores.

Uma simples transação comercial transforma-se em um longo ritual. Por isso, não coloque os pés no Grande Bazar se não estiver disposto a pechinchar, pechinchar e pechinchar.

Neste templo do consumo, a variedade de produtos é assustadora. Para facilitar a visita, as lojas são divididas em setores: alas onde há apenas jóias em ouro ou prata, outras especializadas em tapetes, existe ainda o espaço dos comerciantes de couro, de instrumentos musicais, lenços ou roupas baratas. Tudo é surpreendentemente organizado, com placas de sinalização.

Para os turcos, comprar um produto sem fazer uma contraproposta é praticamente uma ofensa. A negociação é obrigatória, até mesmo porque os vendedores colocam os preços nas alturas para depois baixar os valores durante a conversa. Um tapete turco anunciado por 500 liras pode cair para 150 liras depois de meia hora de negociação. Grande Bazar

Temperos de IstambulVapor do chá

O Grande Bazar foi reformado recentemente e hoje tem uma excelente estrutura para receber os moradores de Istambul e, principalmente, os turistas. As arcadas do teto são muito coloridas, com predominância do azul e do vermelho. O ambiente é contagiado pelo vapor do chá servido nas lojas pela maioria dos comerciantes.

Além da paciência para pechinchar, é preciso também ter calma para suportar o assédio dos vendedores, que algumas vezes chega a ser incômodo. Quase todos falam inglês e ficam na porta das lojas. Há até comerciantes que puxam os clientes pelo braço para tentar ganhar a venda. Outros gritam as ofertas no ouvido dos visitantes.

O mais recomendável é deixar o Grande Bazar para o último dia, quando o turista já terá visitado boa parte da cidade e terá uma boa noção dos preços em Istambul. Assim, fica fácil comparar, pechinchar e conseguir o melhor preço.

Bazar de TemperosBazar dos Temperos

O Bazar de Temperos, conhecido em Istambul como Spice Bazar, também é um passeio imperdível.

O cheiro é inebriante.

Em uma pequena caminhada é possível sentir aromas de canela, rosas, chá verde, açafrão e dos tradicionais temperos turcos.

Cem gramas de chá custam de 2 a 5 liras turcas e a maioria das lojas embala os produtos a vácuo para que os turistas possam transportá-los.

Produtos ditos afrodisíacos são anunciados em várias lojas, assim como o lokum, um dos mais tradicionais doces turcos.

Bazar de TemperosRecheados com nozes, pistaches, amêndoas ou chocolates, eles são conhecidos como turkish delight.

Vale a pena comprar algumas caixas de doces industrializados para trazer na volta ao Brasil.

Outros itens como queijo ou café moído na hora são mais complicados para transportar, mas vale a pena experimentar ou admirar as vitrines com dezenas de variedades.

Anúncios

10 comentários em “Istambul (5) – Ritual das compras no Grande Bazar

  1. ESTIVEW EM ISTAMBUL EM SETEMBRO/2011 E GOSTEI MUITO DO FIGO E PESSEGO VENDIDOS NUMA BANCA DE RUA EM FRENTE AO HOTEL – UMA DELICIA.

    Curtir

  2. Sou louca por joias, sei que as joias na turquia sãolindaaaaaaaaa. Tem joelheira turca que venda on line.
    Obrigada

    Curtir

  3. Aonde eu encontro aqueles turbantes feitos de tecidos, mais parecidos com tapeçaria, todos coloridos e quadriculados, em tons vermelhos, alguém sabe se existem aqui?

    Curtir

  4. Aonde eu encontro aqueles turbantes feitos de tecidos, mais parecidos com tapeçaria, todos coloridos e quadriculados, em tons vermelhos, alguém sabe se existem aqui?

    Curtir

  5. A comida, gente, aquilo eh fenominal, uma delicia, eles fazem cada bolo de chocolate.. E quando voce for a Turquia nao se esqueca de comer o pao tradicional deles, e tentem tambem participar numa festa turka.. Eh muito bom.. A pizza eh uma delicia.. Eu tenmho aulas de Turko na escola e ca vao algumas dicas pra voces..
    Merhaba-Ola
    Nasilsin-como estats?
    Adi ne?-como te chamas
    Nerelisin?-qual eh a sua nacionalidade..
    Ben Iyiyim tesekkur ederim- estou bem obrigada

    Curtir

  6. O mais impressionante, sao aqueles objectos chamados Nazar Boncuk, tem o formato redondo, azul, com o formato de um olho. La eles dissem que afasta os maus olhares. Qandu entrares em casa de uma familia Turca, nao vais apanhar nenhuma casa que nao tenha aquele objecto, na porta ou dentro da casa…

    Curtir

  7. Olaaa !!*
    Eu chamo-me Thandi, estive na Turkia ano passado, alusivo a um festival de criancas, vou voltar pra la proxima quarta. Turquia eh uma maravilha, o mais impressionante sao os precos.. Podes apanhar um Par de Tenis por 50 Liras, os precos sao fenominais, tive oportunidade de ficar em casa de familias turcAS… aquilo eh uma marvilha, as pessoas sao muito hospideiras.. Nao vejo a hora de chegar a proxima quarta feira (24 de novembro, 2010) pra voltar la.. Me lembro que no ano passado quando eu estava voltar, eu ate chorei, porque, gente, aquilo eh um paraiso…

    Curtir

  8. Olá, como estão?
    Olha estive em Istambul, e comi o docinho mais maravilhoso do mundo que é ‘turkish’ uns cubinhos de uma goma polvilhado com açucar fininho.
    Gostaria de saber como acho esta iquaria aqui em São Paulo.
    Desde já obrigada.
    Cleide Sanches Garcia

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s