O verdadeiro (e barato) tango em Buenos Aires

Salão do La Viruta

Pablo Rebello

Esqueça as rivalidades futebolísticas e as rixas entre brasileiros e argentinos. Uma viagem à Buenos Aires, nem que seja só para passar um fim de semana, vale muito à pena. Ainda mais se o passeio for a dois. Isso porque Buenos Aires transpira romantismo. Seja pelos prédios antigos com uma arquitetura claramente inspirada em construções européias ou pela musicalidade do tango, que permeia as ruas e servem de ganha pão para muitos artistas, que se apresentam ao ar livre à espera de um trocado dos turistas.

Mas não basta assistir às apresentações nas ruas ou em bares da cidade. É preciso sentir a música e se entregar ao seu compasso apaixonado. Não importa se você nunca dançou esse estilo antes. Muitas casas de tango oferecem aulas gratuitas para os marinheiros de primeira viagem. No entanto, é preciso ter cuidado para não cair em armadilha para turistas, locais onde o que mais interessa é o dinheiro que circula do bolso dos clientes para o dos patrões do que a apreciação da música (e da dança!) em si. Procure por lugares fora do catálogo turístico, frequentados por nativos.

Particularmente, recomendo a casa de tango La Viruta (Armenia 1366), em Palermo. O lugar pode não parecer dos melhores à primeira vista, já que fica no subsolo de um prédio e lembra um grande salão de festa dos clubes. É bom chegar cedo e lembrar de reservar uma mesa, pois os lugares são marcados. Ali se apresentam grandes nomes do tango, como Tanghetto, Otros Aires e Narcotango. Apesar disso, a entrada não é tão cara quanto comparada com outras casas noturnas. No começo do ano, custava apenas $ 18 pesos. O equivalente a pouco mais de R$ 10.

Aula e paquera

Antes das apresentações da noite, a música já toma conta do salão e os professores de tango se espalham pelo ambiente. Eles dão aula dando dos passos básicos aos mais avançados. Os alunos são divididos entre as duas classes, de acordo com a pré-disposição e habilidade. Não é preciso ter um par definido. As aulas oferecem a oportunidade de conhecer outras pessoas dispostas a aprender a dança e, para os solteiros, uma boa chance de paquerar.

Mesmo quem não tem interesse em aprender a dançar, pode se entreter com as danças dos casais mais experientes, que dão uma aula a parte de beleza e sedução. E as apresentações musicais podem ser muito envolventes. É o momento da noite em que toda a barulheira provocada pela reunião de milhares de pessoas no mesmo ambiente dá lugar ao silêncio e a uma atenção contemplativa. O som produzido pelos artistas envolve e embala todos.

O público aprecia e se deleita com cada música, que são entrecortadas com apresentações de dança. Uma mais bonita e envolvente do que a outra. Alguns dançarinos chegam a se movimentar pela pista de olhos fechados, a sentir os acordes da canção se manifestarem em movimentos envolventes e sensuais. O espaço é dividido democraticamente. Os mais próximos dos dançarinos sentam-se no chão. Mas para ter uma visão melhor do espetáculo, há até quem suba nas cadeiras.
 
Enfim, trata-se de um lugar fascinante que sem sombra de dúvida merece uma visita. O ambiente pode não ser perfeito, a comida não é das melhores e o atendimento é demorado. Mas nada disso importa diante da magia e mistério das músicas e danças que encantam o público do local. Portanto, fica aí a dica. Espero que tenha uma experiência tão proveitosa quanto minha caso algum dia vá até Buenos Aires. Boa viagem!

(Pablo Rebello é jornalista, repórter do Correio Braziliense e morador de Brasília)

Aula de tango no La Viruta

Anúncios

2 comentários em “O verdadeiro (e barato) tango em Buenos Aires

  1. Adorei a dica. Era justamente o que estava procurando, pois vou passar o mês de agosto inteirinho em Buenos Aires e quero fugir dos caros shows de tango, tipo Senhor Tango, a que já assisti.
    Obrigada!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s