Guia — Como montar a sua viagem

Anna Paula Buchalla, da Veja

Há basicamente dois tipos de turista: o que gosta de planejar a viagem em cada detalhe e aquele que sabe apenas para onde quer ir, deixando o restante das preocupações por conta da agência de turismo, que define o roteiro, os voos, os traslados e até os passeios.

Para os viajantes do primeiro grupo, que não se incomodam — e até se divertem — em ficar horas pesquisando roteiros, hospedagens, restaurantes, museus e lojas, há pelo menos três incentivos. Hoje, há sites especializados em ajudar o turista com comentários, melhores tarifas e avaliações sobre passeios e hospedagens.

Com eles, tem-se ainda mais opções de hotéis e é possível descobrir passeios que nenhum city tour revela. Em segundo lugar, esse tipo de viagem dá mais liberdade para mudanças de rota e programação, o que é quase impossível quando se compra um pacote fechado.

Por fim, o turismo por conta própria pode significar economia, desde que o planejamento seja feito com bastante antecedência. Quanto antes se adquirirem as passagens e se fizer a reserva dos hotéis, maior será a chance de garimpar os menores preços. Mas essa regra não costuma ser aplicada às viagens nacionais — os preços praticados pelas agências de turismo são imbatíveis. Veja reuniu sugestões de sites e recomendações para ajudá-lo a programar suas próximas férias.

Avião no aeroporto de BrasíliaTransporte aéreo
Avaliação dos sites: além de ser possível pesquisar nos endereços eletrônicos das companhias áreas, podem-se comprar passagens em sites que fazem cotações em diversas empresas e disponibilizam as opções por preços. Na www.decolar.com e no www.submarinoviagens.com.br o cliente compra em real e pode pagar parceladamente utilizando o cartão de crédito nacional (bom para quem vai precisar de todo o limite do cartão internacional para as compras lá fora). Em inglês, o www.kayak.com oferece passagens de baixo custo no exterior

Recomendação dos especialistas: os sites de venda on-line oferecem constantemente promoções-relâmpago, que vão de passagens mais baratas a hospedagem grátis no destino escolhido. Atenção: as conexões para a Ásia são confusas. Para conseguir, de fato, bons preços, é indispensável a assessoria de um profissional

Os riscos que se corre: “Toda promoção vem aliada a uma restrição”, diz Alipio Camanzano, CEO da www.decolar.com. É bom se informar sobre multas e prazos para alteração, cancelamento e reembolso. Cuidado com as conexões: quando os bilhetes são de empresas diferentes ou não foram emitidos juntos, o prejuízo em caso de atraso ou cancelamento do primeiro voo, que resulte em perda do segundo, é do cliente

Ingressos
Avaliação dos sites: praticamente todas as grandes atrações turísticas ao redor do mundo têm um site correspondente para a venda de bilhetes. Algumas delas só podem ser visitadas com a compra antecipada. Outras, disputadíssimas, têm a vantagem de oferecer ingressos com hora marcada — caso do www.firenzemusei.it, que garante ao viajante ver o Davi de Michelangelo, no museu Accademia, em Florença, na Itália, e do biglietteriamusei.vatican.va, para os museus do Vaticano e a Capela Sistina

Recomendação dos especialistas: alguns sites realizam vendas casadas de ingressos para duas ou mais atrações, oferecendo desconto no preço final. É o caso do www.tickenet.fr (França) e do www.polomuseale.firenze.it (Itália)

Os riscos que se corre: preencher a agenda com muitos programas no mesmo dia pode tirar uma das melhores partes da viagem: sentar-se por algumas horas em uma praça, tomar um sorvete, caminhar sem destino

Albergue - Rossio HostelHotéis
Avaliação dos sites
: o www.booking.com tem página em português, incluindo resenhas de brasileiros, além de fotos e informações sobre cancelamento e formas de pagamento. É possível cancelar a reserva com até 24 horas de antecedência sem nenhum custo. O www.hoteis.com tem site específico para o público brasileiro, com preços em reais e atendimento por telefone em português. Opção de hospedagem econômica para quem vai à Europa, o www.venere.com permite a busca de hotéis por bairro — com versões em inglês e espanhol. Já o www.hostelworld.com oferece diárias a partir de 4 euros em albergues, classificando-os de acordo com a opinião dos usuários

Recomendação dos especialistas: fique alerta: em alguns sites é preciso pagar uma taxa antecipada ao fazer a reserva em um hotel. Mas eles são a minoria. Vale também conferir a tarifa no endereço eletrônico do próprio hotel — algumas promoções são oferecidas somente no site do estabelecimento

Os riscos que se corre: “Quem visita muitos lugares em pouco tempo pode ver sua viagem transformada em uma projeção de slides da janela do ônibus”, diz Ricardo Freire, autor de 100 Dicas para Viajar Melhor. Ele sugere uma estada maior em cidades como Londres, Barcelona, Paris e Berlim e a inclusão de passeios do tipo bate-volta nos arredores

Japao - Trem bala1Transporte terrestre
Avaliação dos sites: o www.raileurope.com.br reúne, em português, bilhetes de trem de vários países da Europa e os envia pelo correio. As empresas de cada país também vendem passagens pela internet, como o www.voyages-sncf.com (França) e o www.trenitalia.it (Itália). Para quem pretende alugar um carro, é possível fazer a reserva pelos sites www.europcar.com (Europa) e www.carrentals.com (Estados Unidos)

Recomendação dos especialistas: muitas vezes as melhores promoções locais não aparecem no site do Raileurope, apenas nas páginas das operadoras nacionais. Algumas companhias exigem a apresentação do cartão de crédito utilizado na compra dos bilhetes no momento da reserva de assento, nas estações

Os riscos que se corre: nas viagens de trem pela Europa é preciso reservar o assento nos trechos mais longos e nos mais concorridos, sob o risco de ter de descer antes do destino final. Alugar o carro sem fazer reserva pode deixar poucas opções de preços

O ponto de partida
Os sites abaixo são a melhor forma de começar um planejamento, segundo os especialistas

www.frommers.com
O que faz
: um dos melhores guias de viagens, tem seu conteúdo em inglês. Depois de escolhido o destino, as informações são divididas por tópicos como hospedagem, restaurantes e circuitos que podem ser feitos a pé. Para quem ainda não escolheu o destino, o site traz sugestões de acordo com o perfil do usuário

www.tripadvisor.com.br
O que faz: reúne mais de 30 milhões de comentários feitos por viajantes do mundo todo sobre hotéis, restaurantes e passeios. Tem classificação por índice de popularidade ou por preço e inclui fotos tiradas pelos usuários. Embora tenha opiniões deixadas por brasileiros, a maior parte do conteúdo é em inglês

www.maps.google.com
O que faz: permite passear virtualmente por ruas de grandes cidades dos Estados Unidos e da Europa. Pode-se conhecer a vizinhança e a fachada de um hotel, por exemplo, como se se estivesse do outro lado da rua. Digitando-se dois endereços, o site indica o melhor caminho e a distância entre eles
 

Anúncios

Um comentário em “Guia — Como montar a sua viagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s