Vale Sagrado (5) — Ollantaytambo

Eliane Moreira

Reza a lenda que um general inca chamado Ollanta apaixonou-se pela filha do nono imperador, Pachacútec. E ela por ele. O amor era proibido, já que seus protagonistas pertenciam a castas sociais diferentes.

Sem saber desse amor, Pachacútec prometeu a Ollanta o que ele quisesse, em troca da expansão de seu império. Nessa guerra contra povos inimigos, Ollanta saiu vitorioso. Ao cobrar a promessa, o general pediu ao imperador a mão de sua filha.

Pachacútec ficou furioso e ordenou a Ollanta que partisse, ou lhe mataria. Com sede de vingança, Ollanta infringiu grandes derrotas ao império inca.

Até que foi pego em uma emboscada e enviado a Pachacútec. Ocorre que, durante o percurso, Pachacútec morreu e foi substituído por seu filho, Tupac Yupanqui.

Levado à presença do novo imperador, uma luz se irradiou sobre a cabeça de Ollanta, levando Tupac Yupanqui a, finalmente, conceder-lhe sua irmã como esposa. Em troca, Ollanta deveria fundar uma cidade e dedicá-la ao Império Inca.

Assim nasceu Ollantaytambo. Situada no nível mais baixo do Vale Sagrado, é considerada cidade inca vivente, por manter o plano original dos tempos do império. Terraços esculpidos em pedra, antigos templos, celeiros e observatórios astronômicos também foram preservados.

Dentre suas atrações está o inacabado Templo do Sol, cuja construção foi interrompida pela chegada dos espanhóis. Aliás, foi em Ollantaytambo que Manco Inca enfrentou e derrotou o conquistador Francisco Pizarro, em 1536, uma das poucas oportunidades em que os incas se saíram vitoriosos na guerra contra os invasores.

Anúncios

Um comentário em “Vale Sagrado (5) — Ollantaytambo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s