Direto da África — Os nigerianos

CIDADE DO CABO – No aquecimento para a estreia da sua seleção na Copa, cerca de 40 imigrantes nigerianos fizeram de tudo. Eles cantaram, dançaram, rolaram no chão, fizeram acrobacias e até invocaram deuses do candomblé contra o time argentino. Tudo numa das mais movimentadas ruas do centro da Cidade do Cabo. Dançaram, pularam e gritaram contra um deles, com as vestimentas de um orixá.

A farra continuou nos 90 minutos de jogo, intervalo e após a partida, mesmo com a derrota por 1 a 0. Ao todo, os nigerianos eram mais de 500 na praça onde encontraram os brasileiros para torcer junto contra a Argentina. A grande quantidade de nigerianos é explicada pelo fenômeno da imigração.

Cerca de 250 mil nigerianos moram na África do Sul, segundo dados não-oficiais. Algumas estimativas, no entanto, colocam esse número em mais de 400 mil, muitos deles imigrantes ilegais vivendo na pobreza.

Estima-se que 10% dos 50 milhões de habitantes da África do Sul sejam estrangeiros – normalmente pessoas de países ainda mais pobres, atraídas pelo trabalho em minas, fazendas e casas, e pelo fato de o país ter uma das políticas mais liberais do mundo na recepção a imigrantes e refugiados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s