Os segredos de Sintra

Eliane Moreira (texto) e Renato Alves (fotos)

Com a TAP operando voos diretos das principais capitais do país para a Europa, o número de brasileiros que aproveita a conexão em Lisboa para conhecer a capital portuguesa cresce a cada dia. Mas o que a maioria dos turistas não sabe é que a apenas 35 km de Lisboa a cidade de Sintra concentra tesouros históricos e naturais imperdíveis.

Usando o transporte público, a melhor forma de chegar a Sintra é embarcando nos trens que partem da bela estação do Rossio, em Lisboa.

A viagem dura pouco mais de meia hora. Perfeito para um bate-volta, embora muitos considerem Sintra uma ótima cidade para passar a noite.

Não importa o calor em Lisboa. Como Sintra está numa serra, o clima mais ameno, úmido e frio convida à caminhada, desde a estação ferroviária até o centro da cidade, pela arborizada Volta do Duche.

No caminho, pare para experimentar a queijada, doce símbolo da cidade, a base de queijo e canela, na Queijada da Sapa.

Chegando ao centro, comece pelo Palácio Nacional de Sintra. O ingresso custa apenas 5 euros e a visita proporciona uma viagem no tempo.

Seu acervo inclui móveis e decoração de diferentes reinados. A sala dos brasões ostenta mais de 70 brasões de famílias nobres. Os Silvas, os Sousas, os Costas, os Pereiras, tão familiares aos brasileiros, estão todos lá.

Para subir ao Castelo dos Mouros, fortaleza da época do domínio islâmico sobre a Península Ibérica, e ao colorido Palácio da Pena, pegue o ônibus 434, que parte do centro.

Quem tem tempo e fôlego de atleta consegue subir a pé, já que o caminho é muito agradável e arborizado. Mas não o subestime: a subida íngreme e longa pode ser um pesadelo para quem não tem preparo físico.

Lá em cima, além de conhecer essas relíquias da história portuguesa, a vista que se estende pela região até o Oceano Atlântico deixa sem fala até os menos impressionáveis.

Sintra ainda oferece outros encantos, como os jardins da Quinta da Regaleira. Ou os becos e ruelas, pelos quais vale a pena se perder em lojinhas de artesanato português, restaurantes e cafés.

Antes de ir embora, dê uma passada na sempre cheia Confeitaria Piriquita e prove o travesseiro, doce de massa folhada recheado de creme de ovos e amêndoas.

Veja outras dicas sobre turismo em Portugal

Anúncios

2 comentários em “Os segredos de Sintra

  1. VOU CONHECER ESTA MARAVILHA DE CIDADE EM AGOSTO/2012, TENHO CERTEZA QUE NÃO VOU ME DECEPCIONAR. ME AGUARDE LISBOA ESTOU CHEGANDO……………….

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s