Os traços e os sabores de Bruxelas

Bruxelas1

Eliane Moreira (texto) e Renato Alves (fotos)

Espremida entre dois grandes destinos turísticos, a Bélgica costuma ser apenas um pit stop para quem visita a França e a Holanda. Mas o país do chocolate, da cerveja Stela Artois, do Tintin e dos Smurfs surpreende o visitante com suas belas cidades.

Bruxelas2

Chegando à capital Bruxelas, você verá que tudo pulsa ao redor de sua principal atração, a histórica Grand Place. Construída no século 11 e reconstruída em outras ocasiões, cercada por um belo conjunto arquitetônico que abriga a prefeitura e museus, não é exagero passar horas apreciando as fachadas de seus prédios, alguns ornamentados com detalhes em tons de dourado e flores nas janelas e sacadas. Ao redor da praça, há bares e restaurantes com mesas ao ar livre, mas a maioria dos turistas prefere apreciar a beleza do cenário de 360° sentados nos paralelepípedos que cobrem o chão da praça.

Bruxelas5

Quando estiver pronto para deixar a praça e seguir para outras atrações, perambulando pelas ruas ao redor da Grand Place, uma leva de turistas, indo na mesma direção, lhe levará até o Mannekin Pis, estátua de um menino fazendo xixi e um dos principais símbolos da cidade. Não espere muito dessa atração, que pode até ser bem decepcionante. Medindo apenas 30cm, é comum ouvir dos turistas frases do tipo “vim até aqui para isso?”.

Bruxelas6
Mas com um pouco de bom humor, é possível achar graça do menino e principalmente das diferentes versões sobre seu surgimento. As mais conhecidas dizem respeito a um menino que tentava apagar um incêndio com sua urina. Outras são de uma criança, filho de um nobre, perdido e encontrado pelo pai na conhecida posição.

Independentemente das versões, todas as lojas de souvenires de Bruxelas vendem réplicas do menino pelado. Outros dois modelos, um do que seria sua irmã e outro do seu cachorro, estão expostas pela feiras e lojas da cidade.

Bruxelas9
Continuando a caminhada, só que dessa vez morro a cima, vale a pena conhecer a Place Du Grand Sablon, uma agradável praça que praticamente divide Bruxelas em cidade alta e cidade baixa e que termina em frente à bonita catedral Notre-Dame Du Sablon. Depois de visitar a igreja, atravesse a rua e descanse no pitoresco Jardim Egmont, com suas várias estátuas. Na parte alta da cidade, no entanto, o destaque vai para o quarteirão real, de onde se tem uma bonita vista da cidade baixa, e onde estão localizados o Palácio Real e o parque de Bruxelas.

Mais além, o moderno edifício do Parlamento Europeu lembra a todos que Bruxelas é ao mesmo tempo capital belga e sede da União Europeia. Moderno também, outro símbolo da cidade, situado nos subúrbios, no Bruparck, o Atomium, monumento que representa um átomo de ferro ampliado milhões de vezes, oferece uma plataforma panorâmica.

Tantas atrações são suficientes para garantir pelo menos um dia inteiro em Bruxelas.  Dois seria o ideal. Até porque, além dos edifícios e monumentos, talvez o melhor de Bruxelas seja caminhar despretensiosamente por suas ruas.

Mexilhões e batatas

A cidade cheira a chocolate. E não a qualquer chocolate, mas a um dos melhores do mundo: o legítimo chocolate belga. Brasileiros acostumados a comprar as guloseimas da famosa (e cara) Guylian apenas em freeshops nos voos internacionais podem se esbaldar em lojas exclusivas da marca com produtos industrializados e artesanais, por preços bem mais em conta. Ou experimentar outras marcas, com sabores igualmente divinos.

Bruxelas3
Também atraem o paladar dos turistas os waffles belgas, acompanhados por calda de chocolate, sorvete, frutas, doce de leite ou o que mais a imaginação puder inventar. Disputando lugar com as chocolatarias, quiosques, lojinhas e cafés estão sempre abarrotados de turistas. Os da sorveteria Haagen Dazs fazem um enorme sucesso.

Bruxelas4
Se a intenção é uma bela refeição, o prato típico da Bélgica, mexilhões com batata frita, parecem compor o cardápio de todos os restaurantes da cidade. Melhor ainda se acompanhados da famosa cerveja belga Stela Artois, cada vez mais apreciada pelo público brasileiro.

Bruxelas8

É perdendo-se pelas ruas de Bruxelas que o turista encontra outras curiosidades, como lojas exclusivas de produtos do personagem Tintin, protagonista de uma série de histórias em quadrinho que recentemente ganhou sua versão para o cinema, e dos simpáticos Smurfs, desenho animado muito conhecido dos brasileiros.

Agora, se você tiver mais tempo, estique sua estadia em Bruxelas e aproveite para ir de trem até a cidade vizinha de Bruges. Cortada por canais e construções medievais, não é a toa que a cidade é considerada um dos mais atraentes destinos turísticos da Bélgica.

Bruxelas7
Como chegar

A maior parte dos turistas que chegam a Bruxelas vem de trem a partir de Paris ou de Amsterdã (Bruxelas tem três estações). Geralmente, fazem de Bruxelas apenas uma conexão entre as duas capitais. Se essa for sua opção, você pode deixar suas bagagens nos maleiros pagos das estações, conhecer a cidade e voltar mais tarde para completar o trajeto até a próxima capital.

Tanto a companhia ferroviária Thalys quanto a Intercity cobrem o percurso. A vantagem da primeira é que as viagens são mais rápidas e os trens mais bens conservados. Passagens podem ser compradas pelos sites das companhias ou nas estações, já que há várias opções diárias de horários.

Onde ficar

Se, no entanto, quiser passar um pouquinho mais de tempo na Bélgica, que tal se hospedar em um hotel sem recepção, em que check in, check out e outros serviços são feitos pelo próprio hóspede em guichês de auto-atendimento? É esse o conceito do Max Hotel, localizado convenientemente próximo a Grand Place e a estações de trem (a do norte) e de metrô. Por abrir mão do atendimento por recepcionistas, o Max Hotel consegue reunir comodidade e bom preço em um único lugar.

Anúncios

4 comentários em “Os traços e os sabores de Bruxelas

  1. Grand Place, Estação Central, Parlamento Europeu, waffels e chocolates tudo muito legal e impressionantemente bem conservada arquitetura.

    Curtir

  2. Legal, ótimas batatas. Quanto ao Mannekin Pis, acho que merece ser visitado, pois viagem é estado de espírito e vê-lo vestido de Elvis Presley foi bem legal. Parabéns pela postagem.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s