De templos romanos a arquitetura moura, tem de tudo um pouco em Évora

IMG_2323 - Copia - Copia - Copia

Eliane Moreira (texto) e Renato Alves (fotos)

Depois que a companhia aérea portuguesa  TAP inaugurou voos para a Europa partindo de várias cidades brasileiras, todos eles com conexão em Lisboa, o número de turistas brasileiros na capital lusitana aumentou consideravelmente. O que pouca gente sabe, no entanto, é que dá para esticar a viagem aos arredores de Lisboa, rumo a cidades encantadoras, ricas em arquitetura e história.

Uma dessas cidades é Évora, a 130 km da capital, onde o encantamento começa com a beleza arquitetônica, resultado da época de dominação romana e moura.

Dos romanos, o Templo de Diana, um dos marcos da cidade, conserva 14 colunas em granito e faz parte do centro histórico da cidade, classificado como patrimônio mundial pela Unesco.

Outra importante construção histórica, a Catedral da Sé de Évora, construída nos séculos 12 e 13, é a maior de Portugal. Mas em se tratando de templos religiosos, nenhum supera, pelo menos no quesito mundo bizarro, a Capela dos Ossos.

IMG_2364 - Copia - Copia - Copia

Construída por monges franciscanos, suas paredes e arcadas meticulosamente cobertas por ossos humanos, incluindo crânios e um esqueleto completo, causam estranhas sensações nos que atravessam sua porta, onde se lê “Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos”.  Foi a forma encontrada pelos monges de lembrar aos pobres mortais como a vida humana é efêmera.

Se visitar os principais monumentos de Évora vale a pena, vale mais ainda flanar pela Praça do Giraldo. Todos os caminhos levam a essa praça, cercada por cafés, restaurantes e lojas de souvenirs.

Por seu chão de pedras portuguesas e trânsito bastante restrito aos carros, é um ótimo local para se observar o vai e vem de turistas e estudantes da Universidade de Évora, ou ouvir as discussões inflamadas dos aposentados que fazem da praça ponto de encontro.

Serviço

Como chegar

De carro, siga as autoestradas A2 e A6, a pouco mais de uma hora de Lisboa. Ônibus e trens também partem da capital com destino a Évora. Prefira os ônibus, que partem em diversos horários ao longo do dia da rodoviária de Sete Rios.

Onde ficar

A região central, próxima a Praça do Giraldo, concentra bons hotéis e pousadas.

Outras dicas

Evite visitar a cidade em um domingo, quando lojas e até bons restaurantes e cafés fecham. A Capela dos Ossos, embora seja um dos principais atrativos turísticos da cidade, fecha no horário do almoço, entre 12h45 e14h30.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s