PEI: A mais charmosa ilha canadense

Charlottetown, PEI, Canadá

Renato Alves (texto e fotos)

Desconhecida da maioria dos brasileiros, a Ilha Príncipe Edward é um dos destinos turísticos mais explorados pelos canadenses, asiáticos e europeus no extremo da América do Norte. Mais conhecida pela sigla PEI (Prince Edward Island), a ilha é a menor e menos populosa das 10 províncias do Canadá. Com apenas duas cidades e dezenas de vilas, seus 145 mil habitantes vivem em um ritmo bem mais lento do que a maioria do mundo moderno.

Não que a região seja subdesenvolvida, desconectada do planeta, sem as comodidades dos grandes centros. Localizada no extremo leste canandense, PEI tem hotéis luxuosos, restaurantes de alto padrão, museus, teatros e todas as facilidades para deslocamento dos visitantes. Ainda, um dos melhores campos de golfe do país.

Charlottetown, PEI, Canadá - Jovens velejando

No verão, os locais e turistas se divertem em passeios em veleiros e iates milionários.  As temperaturas do outono são ideais para pegar a estrada e  admirar as folhas mudando de cor pela província. Ambas as estações são ideais para caminhar ou andar de bicicleta na Confederation Trail, uma desativada linha férrea que ligava todos os pontos da ilha e, hoje, sem os trilhos, é ocupada apenas por bikes.

PEI, Canadá - Ciclovia na Trans Canada Trail 1

Ainda no outono, muita gente viaja de carro por uma das várias rotas panorâmicas, com paradas que celebram as colheitas nas fazendas da região. Já o  inverno traz quase 1.000km de trilhas de snowmobile e para caminhadas com sapatos de neve. Os festivais mantêm os espíritos animados do lado de fora, mas há também muitas pousadas aconchegantes e cabanas preparadas com lareiras crepitando.

Se não bastasse, em PEI, nacionalistas escreveram um dos capítulos mais importantes da história do país, organizando o primeiro debate que levaria à criação do Canadá como nação. Evento que completa 150 anos em 2014 , data comemorada em festivais. Tudo regado a ótimos vinhos e cervejas nacionais, além de uma fartura de ostras e lagostas.

Bicicletas no lugar de trens

PEI conserva quilômetros de paisagens exuberantes e diversificadas. As estradas seguras e bem sinalizadas cruzam fazendas antigas e vilas com casinhas de madeira. Dos imensos lagos, rios e baías, se vêem penhascos de arenito vermelho e mansões nas encostas. As cidades e vilas têm cenários dos séculos passados, com ruas de pedra e construções centenárias muito bem conservadas. Tanto nelas quanto nas áreas rurais e nas praias, há uma gente acolhedora. A característica rendeu a PEI o título de Ilha gentil.

PEI, Canadá - Ciclovia na Trans Canada Trail 5

Um dos melhores meios de conhecer as atrações da província é sobre uma bicicleta. E  não é preciso levar uma na bagagem. Em PEI, há empesas que alugam o veículo — de todos os modelos e tamanhos — e oferecem tours guiados. Com 230km de uma ponta à outra, não mais que 20km de largura  e altitudes inferiores à 90m, a ilha não exige muito dos turistas que escolhem fazer um passeio de bicicleta.

PEI, Canadá - Ciclovia na Trans Canada Trail

O percurso perfeito para pedalar pela província é uma ciclovia com quase 400km de extensão, totalmente plana. Ela foi construída  sobre a antiga estrada de ferro que levava aos principais pontos de  PEI. Além de retirar os trilhos, os idelaizadores sinalizaram o trajeto e colocaram cancelas nos cruzamentos com estradas de terra e asfalto, que impedem o acesso de qualquer outro veículo. Placas também indicam as distâncias entre uma vila e outra.

Vegetação rica

Ao longo da trilha, nas duas margens, os ciclistas encontram uma grande variedade de  árvores, flores e aves, além de plantações de culturas variadas nas propriedades rurais com casinhas de madeira (geralmente bancas) em meio a muito verde. No caminho, o visitante também cruza pontes de madeira do século 19. Construções erguidas para locomotivas e vagões atravessarem riachos e ribeirões que alimentam grandes lagos.

IMG_1175

Para descansar e admirar tanta beleza, os ciclistas contam com pontos de parada ao longo de toda a trilha, dotados de bancos e mesas de madeira. Nesse ambiente, famílias inteiras  fazem piqueniques. Nos fins de semana e feriados ensolarados, elas pedalam juntas pela extinta via férrea.

IMG_1181

Apesar de minúsculas, as vilas por onde passam a ciclovia têm ao menos uma boa cafeteria e um restaurante com peixe e mariscos da região. Em algumas, o ciclista encontra banheiro público, inclusive para banho. Saint Peters Bay é uma dessas localidades ideais para a recarga de energia. Ela tem até hotel.

Para saber mais

Quase 500 anos de ocupação

Prince Edward Island é uma das menores ilhas do Canadá, tanto em tamanho quanto em população. Localizada na costa leste canadense, ela era inicialmente habitada pelos povos aborígines que viviam de subsistência. Em 1534 o explorador francês Jacques Cartier chegou à região tomando posse da terra, porém não a fizeram colônia até 1719.

Com a chegada dos britânicos, em 1758, os franceses foram expulsos da ilha. Como uma colônia britânica, a ilha foi dividida em 67 parcelas de terra, sorteadas entre fazendeiros e aristocratas ingleses. A população desenfreadamente, criando diversos problemas, e, em 1864, o governo iniciou a recompra das terras.

Charlottetown, PEI, Canada - Vista da baia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s