O essencial da África do Sul

Feirante em feira de artesanato de Sea Point

André Shalders, do Correio Braziliense

Diversidade é a palavra que melhor define a pátria de Madiba, o símbolo mundial da paz contra a intolerância. A terra onde nasceu Nelson Mandela é uma impressionante mistura de culturas, línguas (são 11 idiomas oficiais), sabores, cores, paisagens e passeios. O Turismo mostra que é possível viajar desde a planície até as montanhas, passando por florestas e praias e vivenciar experiências radicais ou sofisticadas como balonismo, escaladas e bungee jumping, rafting e surfe ou jogar golfe, fazer um safári fotográfico, descansar em luxuosos hotéis e experimentar deliciosos pratos e belos vinhos nas dezenas de vinícolas ao longo de uma rota com paisagens de tirar o fôlego.

Cidade do Cabo - Península do Cabo
Banhada por dois oceanos — o Atlântico e o Índico —, a África do Sul tem um clima quente e agradável durante todo o ano. Mais do que um destino turístico com diversas oportunidades de diversão, o país proporciona um mergulho em um dos capítulos mais emocionantes da história mundial, que conta a batalha pacífica e vitoriosa do primeiro presidente negro do país contra o Apartheid.

Cidade do Cabo - Turista avista a Cidade do Cabo, do alto da Montanha da Mesa

Na Cidade do Cabo

Robben Island

A ilha onde Nelson Mandela cumpriu pena entre 1964 e 1982 abriga hoje um museu, destinado a contar a história do lugar. É possível inclusive visitar a cela onde Mandela esteve preso. Barcos para a ilha partem do cais Victoria & Alfred, no centro.

Robben Island, entrada da prisão

Balada na Long Street

Assim como no restante do país, a maioria dos estabelecimentos fecha cedo em Cape Town. A exceção são os bares, clubes e restaurantes da Long Street, que concentra a vida noturna da cidade.

Em Joanesburgo

Soweto

Cidade contígua a Joanesburgo, Soweto surgiu nos anos 1960 como um gueto para abrigar negros, impedidos de manter casas nas mesmas regiões que os brancos. Lá é possível visitar a casa onde Mandela viveu com Winnie, sua segunda esposa, no bairro de Orlando.

Foto de Renato Alves

Museu do Apartheid

Uma experiência de imersão nos 46 anos do regime de segregação do país. A história recente da África do Sul é repassada em vídeos, textos, objetos, fotografias. Para quem não fala inglês, é importante estar acompanhado de intérprete. É possível passar uma tarde inteira e não esgotar o conteúdo do Museu.

Joanesburgo - Museu do Apartheid

Joanesburgo - Museu do Apartheid, documentos e fotos de Mandela

Maboneng Precinct

Uma zona anteriormente em decadência, no centro de Joanesburgo, o bairro foi revitalizado e hoje abriga cafés, restaurantes, galerias de arte, venda de artesanato e hotéis descolados.

Chaminé em SowetoOrlando Towers

Uma antiga termoelétrica desativada, cujas duas torres, hoje cobertas por grafites, podem ser vistas à grande distância.

O local abriga um centro de esportes radicais, que oferece bungee jump, paint ball, escalada e outros.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s