18 coisas gratuitas para fazer em Barcelona

Barcelona - Sagrada Familia

por Trent Holden, do Lonely Planet

Barcelona tem o suficiente para deixar os mais vorazes por cultura e os gourmandsmais comodistas felizes durante semanas, mas todas essas taxas de entrada e as contas dos tapas podem aumentar. Felizmente, a ajuda está à mão, com várias maneiras de fazer o orçamento das suas férias esticar um pouco.

Além das atividades gratuitas e atrações abaixo, você também pode economizar com transporte investindo em um passe de viagem T10, que lhe permite fazer 10 trajetos dentro da cidade em qualquer meio de transporte público.

1. Museus gratuitos aos domingos

Todos os museus que funcionam na cidade (incluindo o Museu Picasso, MUHBA e MNAC) são gratuitos aos domingos à tarde, das 15h às 20h. Outros também são gratuitos em um determinado dia do mês, em geral a primeira quarta-feira ou domingo – verifique detalhes nos sites particulares.

2. Programe sua visita a um festival

Se estiver aqui no fim de setembro, não perca a Festes de la Mercè, que dura cinco dias e dá vida à cidade com shows gratuitos, dança, fogos, espetáculos de acrobacia e animados correfocs (desfiles coloridos de tambores, diabinhos e fogos de artifício). Ou experimente a extravagância de verão Festa Major de Gràcia, mais conhecida por sua competição de ruas decoradas, mas com um pacote de programação de shows gratuitos ao ar livre.

3. Passeie por La Rambla

Essa é descaradamente feita para turistas, mas caminhar pela passarela de 1 quilômetro de extensão é provavelmente a experiência mais essencial de Barcelona. Repleta de prédios históricos da realeza, La Rambla é um ótimo lugar para passear, sobretudo se você programar bem – de manhã cedo é melhor.

4. Dê uma olhada no Mercat de la Boqueria

Este famoso mercado coberto é uma colorida explosão de frutas, vegetais, frutos do mar, fileiras e mais fileiras de jamón [presunto] curado e algumas vitrines de açougue alucinantes. Há bares de tapas, barracas de pizza e todo tipo de produto que você pode experimentar antes de comprar.

5. Admire a arquitetura modernista

Enquanto muitas das joias arquitetônicas de Barcelona cobram taxa de entrada para ver os interiores, as fachadas possivelmente mais impressionantes podem ser vistas de graça: o acabamento estonteante da obra-prima de Gaudí, a catedral La Sagrada Família, por exemplo, ou os três exemplos deslumbrantes do Modernismo que ficam lado a lado em Passeig de Gràcia – a Casa Lleó Morera, a Casa Amatller e a Casa Batlló, de Gaudí.

6. Tome sol em uma praia

Barcelona tem algumas praias maravilhosas, perfeitas para descansar pés doloridos após dias de turismo. Barceloneta é a mais popular, com sua adorável extensão de areia dourada e calçada com restaurantes. Para algo menos lotado, ande mais ao norte, em direção à área do Fórum.

7. Observe a arte pública de Joan Miró

Vale a pena pagar para ver a coleção definitiva do artista favorito de Barcelona na Fundació Joan Miró, mas há fantásticas esculturas de Miró pela cidade para ver de graça. O Parc de Joan Miró abriga sua épica escultura de 22 metros de altura Woman and Bird, coberta de azulejos em cores primárias e erguendo-se dramaticamente de uma piscina brilhante. Há também um mosaico de Miró na passarela central de La Rambla e outra exposta de maneira inesperada na parede externa do Terminal 2, no aeroporto.

8. Visite o berço do independentisme

Uma das mais novas atrações de Barcelona é o Born Centre Cultural, um antigo mercado maravilhosamente convertido que tem, como ponto central, vestígios de algumas das centenas de edifícios destruídos pelas forças de Felipe V depois do cerco de 1714. Para a maioria dos catalães, o evento marca o ponto de partida do desejo de separação. É um lugar carregado de emoções.

9. Impressione-se com La Catedral

No coração de Barri Gòtic, a colossal La Catedral neogótica é impressionante tanto por fora quanto por dentro. A entrada gratuita de manhã e no fim da tarde faz valer a pena se aventurar lá dentro para visitar seus tetos altos abobadados, os pilares e o convento com pátio de palmeiras, laranjeiras e um bando de gansos brancos que moram aí.

10. Descubra música, dança e arte gratuitas

Sempre há algum tipo de evento cultural gratuito acontecendo na cidade, seja jazz no parque, leitura de poesia ou workshop para crianças. Visite For Free para informações sobre eventos próximos.

11. Fique perdido no Barri Gòtic

Perca-se num labirinto de ruelas de pedra repletas de bares e lojas excêntricas semeadas de pequenas plaças silenciosas, no bairro de clima medieval Barri Gòtic. No fim, é quase certeza de que você vai aparecer em La Rambla ou na Via Laietana, que ladeia a área da outra margem.

12. Ande pela Plaça Reial

Essa plaça com arcadas, semelhante a uma versão mais modesta da Praça São Marcos, em Veneza, procura pela primeira obra do trabalho encomendado de Gaudí para a cidade – postes destacando serpentes com cabeça de dragão em espiral conduzindo a um elmo alado.

13. Seja autêntico em El Raval

Faz falta o impacto histórico da vizinhança do Barri Gòtic, mas a rede de ruas agitadas em volta de El Raval é lar de um elenco eclético de personagens, incluindo artistas, mochileiros, punks, estudantes etc. Há vários bares descolados e lojas de roupasvintage, sem falar do colossal MACBA (Museu d’Art Contemporani de Barcelona, tão impressionante fora quanto dentro).

14. Encante-se com a Font Màgica

Construída para a Exposição Mundial de 1929 de Barcelona, este espetáculo de água, som e luz tem atraído turistas desde então. É claro, a Fonte Mágica resvala para o lado kitsch – mas como não adorar jatos de águas multicoloridas subindo em sincronia ao ritmo brega dos anos 1980 e exibições musicais?

15. Procure por arte de rua

Os grafiteiros de Barcelona são um grupo orgulhoso, e você encontrará alguns ótimos exemplos do trabalho deles em volta da cidade, particularmente em El Raval e Poblenou. A cidade também tem uma longa tradição de arte e esculturas de rua. Alguns exemplos mais conhecidos incluem Peix, escultura gigante de peixe concebida por Frank Gehry com vista para a praia; Barcelona Head de Roy Lichtenstein, de 15 metros de altura, no Porto Vell; o Monument Homage to Picasso, do artista catalão Antoni Tàpies, no Passeig de Picasso; e o enorme gato de Fernando Botero em Rambla del Raval.

16. Inspecione o mercado de pulgas Els Encants Vells

O reformado mercado de pulgas Encants (e apenas ligeiramente transferido para um novo imóvel brilhante próximo ao Museu do Design) tem uma intrigante mistura de lixo e luxo. Embora não tenha sua cota justa de sapatos estranhos e aparelhos eletrônicos ultrapassados, há curiosidades aleatórias o suficiente para fazê-lo valer a pena. Um novo adendo é a surpreendente comida gourmet no pátio acima do primeiro andar.

17. Faça um aquecimento para ping-pong, bocha e caminhada

Praticantes de jogging podem chegar aos calçadões ao longo da praia, os de caminhada podem ir às colinas que circundam a cidade e os de skate podem passar o tempo do lado de fora do MACBA. No entanto, se planeja um jogo de ping-pong, você encontrará mesas de pedra na maioria dos parques, e, se o seu negócio é bocha, há quadras de petanca por toda a cidade.

18. Verifique seu email e planeje o próximo passo

Assim como os incontáveis bares e cafés que o oferecem, o wi-fi gratuito na cidade inteira está se tornando realidade e deve se espalhar, inclusive, para o transporte público. Bibliotecas públicas também têm computadores que você pode usar de graça (por no máximo 30 minutos).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s