48 horas em Lviv, na Ucrânia

Lviv

Leonid Ragozin, do Lonely Planet

O aroma do café recém-torrado percorre as grandiosas catedrais, as casas abandonadas, as misteriosas portas de madeira e os pátios românticos em Lviv, cuja civilidade ocidental e elegância decadente surpreende até o mais assíduo dos viajantes do Leste Europeu. Essa cidade no oeste da Ucrânia é poliglota e cosmopolita, mas preserva o legado arquitetônico e culinário dos vários Estados e impérios que a governaram ao longo dos séculos.

Com um bom aeroporto próprio e não tão distante dos aeroportos econômicos da vizinha Polônia, Lviv é um dos mais intrigantes destinos de fim de semana da Europa – e parece estar a anos-luz de distância dos problemas do leste da Ucrânia.

Dia 1

(Foto: Getty Images/ Lonely Planet)

Manhã

Comece o dia em Lviv perdendo algumas calorias, pois você certamente as recuperará enquanto estiver na cidade. Não há melhor forma de se apresentar a Lviv do que subindo a torre da prefeitura, localizada na praça principal, Ploshcha Rynok. Enfrentando uma horda de executivos correndo para as suas reuniões matinais, abra caminho pelos corredores para chegar ao quarto andar, onde encontrará uma escada caracol que leva ao deque de observação, lá no alto da torre em estilo italiano. Vista desse ângulo, Lviv mais parece uma cidade de brinquedo teletransportada diretamente da infância da sua tataravó.

Para um café da manhã bem merecido, siga para o Lvivski Plyatsky, do outro lado da praça. Após da árdua escalada, você não terá remorso ao se empanturrar com os clássicos locais: strudels doces e salgados, assim como syrniki (bolos de ricota com uvas-passas).

Depois da refeição, comece explorando as casas religiosas opulentas, cujas cúpulas brilhantes você avistou de cima. Comece pela Catedral Latina, originalmente uma estrutura gótica do século 14 bastante austera, mas que agora apresenta uma fusão de estilos em voga na Europa nos últimos sete séculos. Depois, vá à Catedral Dominicana, um edifício barroco do século 18 ricamente decorado. Ela é cercada por um pequeno jardim onde fica um pequeno mercado de livros, posicionado sobre pódio de granito do monumento a Ivan Fyodorov, o homem que imprimiu o primeiro livro russo em Moscou e morreu como fugitivo em Lviv.

Tarde

Para um almoço temperado com arte moderna, vá ao antigo mosteiro bernardino, no qual uma porta de madeira sem sinalização, mas difícil de passar batida, abre-se para o Museu das Ideias. Esta galeria combinada com um destino boêmio badalado, onde você pode experimentar alguns dos melhores pratos ucranianos – como o banosh (polenta dos Cárpatos com queijo artesanal) e o bograch (uma versão local do goulash húngaro) – e uma variedade de nalivki (licores de frutas).

Depois disso, você pode precisar de uma séria soneca seguida por um café da tarde –as cafeterias estão entre os pontos obrigatórios da cidade. O café foi trazido para cá por comerciantes turcos na Idade Média, assim como o método antigo de prepará-lo em fornos de areia. Você pode, quase que literalmente, mergulhar na cultura do café na Kopalnya Kavy (Mina de Café): grãos irresistivelmente aromáticos são extraídos do armazém subterrâneo, que você pode visitar. Após provar a safra (servida, inevitavelmente, com licor de frutas), passe pela loja de lembrancinhas para pegar o seu “Local”, um cartão de descontos – um item imprescindível se você for seguir a nossa recomendação para o jantar.

Noite

Que tal se esbaldar na autoapelidado “mais caro restaurante da Galícia”? A dica aqui é que “o mais caro” não precisa, necessariamente, ser verdadeiro. O lugar é camuflado como um apartamento brega, com um morador que saúda os clientes na porta e os conduz a um esconderijo da maçonaria. Sem mais palavras aqui, mas não quebrarmos o nosso voto de silêncio. Apenas mostre para eles o seu cartão “local”, que farão todos aqueles zeros da sua conta desaparecerem de repente (dando-lhe um desconto de 90%).

LEIA MAIS: Sete atrações surpreendentes do leste europeu

Dia 2

(Foto: Getty Images/ Lonely Planet)

Manhã

Comece o segundo dia com um verdadeiro banquete de café da manhã no Baczewski e não se esqueça de reservar o jantar nesse mesmo lugar, que é extremamente concorrido – e, sim, é fundamental comer ali duas vezes! Depois do café da manhã, aventure-se pela cidade velha. A rua Pekarska levará você por uma charmosa área residencial até chegar ao cemitério de Lychakivske, uma colina verdejante pontilhada por túmulos-monumentos que o fazem parecer uma versão ucraniana do Père Lachaise. Ande por ali para refletir sobre questões existenciais em meio a centenas de anjos e santos de pedra observando você em sombrio silêncio. No caminho de volta para a cidade velha, não deixe de fazer um lanche e beber uma caneca de cerveja no Kumpel.

Tarde

É hora de descobrir a herança árabe de Lviv, cuidadosamente escondida por trás dos seus ares de Velho Mundo europeu. A Catedral Armênia tem sido o coração da comunidade que vive aqui desde a fundação da cidade. Primeiro, admire o edifício, incrustrado em um pátio simples e parecendo uma espécie de visitante exótico em meio às construções em estilo Habsburgo. Depois dê a volta e passe pela entrada lateral para ver os interiores, que incluem afrescos fantásticos, que mais parecem um cruzamento de ícones bizantinos com pinturas de Gustav Klimt.

Noite

Se todos os anjos vistos ainda não estiverem cantando na sua cabeça, talvez seja a hora de fechar o dia com um pouco de educação estética na Lviv Opera. A experiência não é exatamente como a de uma ópera de primeira em Viena, que influenciou, por sinal a cultura da ópera em Lviv, mas interpretações de clássicos mundiais à moda antiga são comoventes, e as performances vivazes, inspiradas pelo folclore ucraniano, não irão decepcionar.

De volta ao jantar em Baczewski, retome tudo que você aprendeu sobre as muitas comunidades e sobre os períodos históricos dessa cidade fascinante saboreando beterraba e patê de arenque judaicos e os pierogi (bolinhos) poloneses, acompanhados de doses de nalivki ucraniano – o máximo que você conseguir sem precisar ser carregado(a) para o hotel.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s